SevenballShow

MENU

CURIOSIDADES ESPECIAL MISTERIOS ARTES FAMOSOS CINEMA TV | TEATRO TRYST 5X1 PHOTO GALLERY PET WORLD CARROS & MOTOS CIÊNCIA & TECNOLOGIA PLANETA ÁSIA COMUNICADOS

Follow Us in G+


Tigres não acumulam a poeira dos séculos; Tigres reinventam a vida todos os dias

Translate

Basset Hound X Basset Dachshund

Basset Hound
Basset Hound X Basset Dachshund _ Todo o mundo me pergunta a diferença entre os dois, ou chama um pelo nome do outro. As diferenças físicas básicas são que o hound é mais ''atarracado'', de patas bem largas  e longas orelhas, enquanto que o dachshund, é o famoso ''linguicinha'': compridinho, magro e baixinho, de orelhas longas, mas nem tanto...

Basset Hound_ Origem _ A primeira menção ao  Basset foi encontrada  num texto do século 16 sobre caça ao texugo. Espécimes de pernas encurtadas aparecem em muitas raças desde os tempos mais remotos, mas é difícil saber em que momento esses cães foram produzidos; assim intencionalmente e quais deles levaram ao atual Basset Hound. A palavra basset deriva do francês “bas”, que significa “baixo” ou “anão”, o que indica que a prova definitiva da origem da raça vai ser difícil de encontrar. Cães de pernas curtas eram usados pelos franceses para caçar a um ritmo mais lento, mas a maioria desses cãos se dispersou durante a Revolução Francesa e o destino deles não foi documentado.  Após a Revolução,  um grande número de cidadãos comuns retomou as caçadas, normalmente com a ajuda de armas. Eles precisavam de um cachorro que pudessem seguir a pé, mas que tivesse um bom faro e uma estrutura óssea forte e pesada: uma nova versão dos cães de caça da aristocracia, mas com pernas mais curtas. Como o Basset não podia alcançar a velocidade de sua presa, era menos provável que a presa corresse, se tornando um alvo mais fácil para os caçadores armados. Eles podiam caçar qualquer mamífero, mas eram especialmente adequados para a caça de coelhos e lebres. Foram criadas quatro versões diferentes de cães de pernas curtas, sendo o Basset Normando o mais próximo dos bassets atuais. No final dos anos de 1800 e depois novamente nos anos 30, foram feitos cruzamentos com os Bloodhounds para aumentar seu tamanho. Novos cruzamentos aconteceram até chegar ao Basset Artesiano Normando. Os primeiros bassets foram levados à Inglaterra e à América no final dos anos de 1800, e o interesse pela raça cresceu gradualmente. Em meados de 1900, a expressão engraçada dos Bassets garantiu a ele um lugar permanente na publicidade, no entretenimento e nos corações de muitas famílias.               
Temperamento _O Basset Hound é uma das raças mais bem-humoradas e fáceis de conviver. Ele é amável com cachorros, outros animais de estimação e com crianças, embora as crianças precisem tomar cuidado para não pressionar suas costas durante as brincadeira. Ele é de temperamento calmo, mas precisa de exercícios regulares para manter a forma. Ele prefere investigar lentamente, e adora farejar e seguir rastros. Ele é um perseguidor talentoso e determinado, e não é fácil tirá-lo do seu curso. Por causa disso, ele é capaz de seguir um rastro até acabar se perdendo. Ele tende a ser teimoso e lento. Ele tem um latido alto que ele usa quando se empolga seguindo uma trilha.

Cuidados _O Basset precisa de exercícios diários leves, e se satisfaz comum passeio de coleira ou brincando no quintal. Ele fica melhor vivendo dentro de casa com acesso ao quintal. Seu pelo precisa de uma higiene mínima, mas precisa de uma limpeza mais frequente ao redor da boca e das rugas. Bassets costumam babar.
                                        
Saúde _Principais Preocupações: claudicação na pata dianteira, OCD, entrópio, ectrópio, otite externa, doença do disco intervertebral, glaucoma, vWD, CTP,  torção gástrica.
Preocupações Menores: cistos nas patas e infecções
Vistos Ocasionalmente: luxação da patela.
Expectativa de vida_ de 10 a 12 anos

Basset dachshund (ou Tekel) _Origem

DachshundEvidências sobre o Dachshund como uma raça só foram encontradas no século 16, quando foram feitas referências a um cachorro “baixo de pernas tortas”, chamado de cão escavador, Dacksel ou cão texugo. O nome moderno, Dachshund, quer dizer simples cão texugo (dachs hund) em alemão. Esses caçadores determinados perseguem sua presa, entram na toca, tiram a presa e a matam. Este cão existe em três variedades de pelo e em dois tamanhos.  Originalmente tinham o pelo liso e surgiram do cruzamento do bracke, um pointer miniatura francês, com o Pinscher, um matador de vermes do tipo terrier. Algumas xilogravuras do século 16 mostram cães de pelo mais longo do tipo Dachshund. Também é possível que os Dachshund lisos tenham sido cruzados depois com Spaniels e com o Stoberhund alemão (cão de caça) para produzir uma variedade com pelos mais longos. Dachshunds de pelo duro são mencionados em 1797, mas esses cães não foram propriamente selecionados. Os mais modernos foram criados no final do século 19 com os cruzamentos entre o Dachshund de pelo liso e o Pincher Alemão de pelo curto e com o Dandie Dinmont Terrier. Cada uma dessas variedades era mais adequada para caçar em condições de clima e de terreno diferentes, mas todos eram cães fortes, resistentes, capazes de perseguir texugos, raposas e outros mamíferos menores. Até 1900, muito poucos deles eram usados para caçar animais muito pequenos, como coelhos. Apesar de alguns serem naturalmente pequenos, outros foram produzidos intencionalmente com cruzamentos de Toy Terriers ou Pinschers. Mas a maioria dos tipos resultantes desses cruzamentos não era o típico Dachshund. Em 1910, foi adotado um critério rigoroso, e cada tipo de pelo foi cruzado com diferentes raças para alcançar os melhores resultados: Os lisos foram criados com os Pinscher Miniatura, os longos com o Papillon e os de pelo curto com o Schnauzer miniatura. Depois disso, o Dachshund encontrou seu verdadeiro lugar como animal de estimação, crescendo em popularidade até se tornar um dos cães mais populares da América.

       
Temperamento _O Dachshund é corajoso, curioso e está sempre em busca de aventuras. Ele gosta de caçar e de cavar, de seguir uma pista com o faro e de enterrar depois de caçar. Ele é independente, mas quer participar das atividades da família sempre que pode. Ele se dá muito bem com as crianças de sua família. Alguns latem. A variedade de pelo longo pode ser mais quieta e menos parecida com o terrier. Os de pelo curto são mais ativos. Os do tipo miniatura tendem a ser mais tímidos.

Cuidados _Apesar do Dachshund ser ativo, sua necessidade de exercícios se satisfaz com passeios moderados na coleira e caçadas no jardim. O Dachshund se adapta à vida nas cidades e em apartamentos, mas ele ainda é um caçador e adora se aventurar na floresta. O pelo liso requer higiene básica. O pelo longo precisa ser escovado uma ou duas vezes por semana e tosas ocasionais dos fios soltos. O pelo curto precisa ser escovado uma vez por semana, além de tosas ocasionais dos pelos soltos e retirada de pelos mortos duas vezes por ano.

Saúde _Principais Preocupações: doença do disco intervertebral
Preocupações Menores: KCS
Vistos Ocasionalmente: diabete, epilepsia, luxação da patela, surdez
torção gástrica
Exames sugeridos: olhos.
Expectativa de vida_ de 14 a 17 anos.

Observações: A obesidade é um grande problema para o Dachshund. Muitos deles tendem ao sobrepeso, o que pode causar doença do disco intervertebral. Não são aconsekhadas brincadeira de corres e pular, para não prejudicar sua coluna.
Share on Google Plus

About SevenballShow !

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comments:

Postar um comentário