SevenballShow

MENU

CURIOSIDADES ESPECIAL MISTERIOS ARTES FAMOSOS CINEMA TV | TEATRO TRYST 5X1 PHOTO GALLERY PET WORLD CARROS & MOTOS CIÊNCIA & TECNOLOGIA PLANETA ÁSIA COMUNICADOS

Follow Us in G+


Tigres não acumulam a poeira dos séculos; Tigres reinventam a vida todos os dias

Translate

Shai Pei


Origem _O Shar Pei pode ter vivido nas províncias do sul da China desde a Dinastia Han (cerca de 200 a.C.). A certeza surge no século 13 em documentos que descrevem um cão enrugado e provam a existência da raça.
Não é possível afirmar com certeza os ancestrais do Shar Pei. Acredita-se, que a raça tenha vindo do Chow Chow, embora a única relação clara entre eles seja a coloração preto-azulada da língua, típica em ambas as raças. Evidências históricas,  como peças de artesanato que retratam um cão cuja descrição coincide com a aparência de um Shar Pei, indicam que é uma raça muito antiga. Pesquisas genéticas recentes apontam ainda que  é uma das poucas raças antigas de cachorro que pode ter se separado de seus ancestrais mais cedo do que outras.
A raça foi criada originalmente para desempenhar a função de guarda nos palácios chineses. Durante muito tempo, ele criado como um cão de trabalho, tornando-se apto a realizar diversas tarefas nas fazendas chinesas. Participava ativamente de atividades de caça, pastoreio e guarda de propriedade. Mais tarde, devido suas características físicas e psíquicas, foram lamentavelmente usados como cães de combate.
Ele era originalmente maior do que hoje, mas como  a raça passou  muitas dificuldades na época da guerra, tendo sido quase extinta, ele diminuiu de tamanho.
Temperamento
O Shar Pei é extremamente leal, alerta, fiel, devotado à família, protetor e independente. Em geral,  é um cachorro desconfiado com estranhos, o que caracteriza sua origem como cão de guarda. Costuma ser  reservado, de temperamento independente, mas é notavelente dedicado, afetuoso e próximo à família.
Esta é uma raça indicada aos donos experientes, que saibam educar -los desde cedo. Os filhotes  necessitam de uma socialização precoce com outros animais, crianças e pessoas estranhas ao círculo familiar. Mesmo os cães bem socializados e corretamente disciplinados, mantém suas características de cão de guarda depois de adultos.
Apesar de ter um comportamento muito vigilante, o Shar Pei é considerado um cão silencioso: late somente se necessário, ou pra dar o alarme em situação de perigo, ou nas brincadeiras com a família. Apesar de inteligente, o cão desta pode mostrar-se teimoso durante o adestramento de obediência, em grande parte por seu temperamento independente e protetor.
 proporcionam uma aparência singular a esta raça de cão. Trata-se de um cachorro de tamanho médio, compacto, curto e quadrado.

Expectativa de vida_ 
de 9 a 12 anos

Características

As orelhas triangulares, pequenas, de inserção alta, as rugas sobre o crânio e a cernelha, e seu focinho que lembram o de um hipopótamo, proporcionam uma aparência singular a esta raça de cão. Trata-se de um cachorro de tamanho médio, compacto, curto e quadrado.
Em relação ao tamanho do corpo, apresenta uma cabeça grande, com rugas na testa e nas bochechas.  O focinho, largo desde a raiz até a ponta, sem sugerir afilamento, de stop moderado e trufa grande, larga, em geral preta, ou de qualquer outra cor que se harmonize com a cor da pelagem, é bem marcante. Outra característica típica nele é a boca, que geralmente apresenta língua, céu da boca, gengivas e lábios de cor preta-azulada. Os cães de pelagem mais clara, no entanto, costumam apresentar a língua de cor lavanda sólido.
Os filhotes costumam ser bem mais enrugados do que os exemplares adultos e, apesar de um shar pei poder se tornar até mais enrugado do que quando filhote, os adultos costumam ter rugas apenas na face, nas costas e na base da cauda.
Os olhos dele são escuros, de formato amendoado e apresentam um expressão carrancuda. Podem ser mais claros nos cães mais claros. Possui orelhas altas,  pequenas, espessas, de forma triangular, com a ponta ligeiramente arredondada. A cauda é  bem alta,  e em curva, grossa e redonda na raiz, afilando-se gradualmente até a ponta.
A pelagem do Shar Pei é curta, dura e eriçada, sem sub pelo, características bem típicas da raça. Tem cores sólidas, menos branco. A cauda e a porção posterior das coxas são frequentemente mais claras do que o resto do corpo.
De porte médio, estes cães apresentam em média entre 44 e 51 cm, medidos sempre à altura da cernelha.
Querido público: Cernelha é o ponto mais alto do ombro do cachorro, antes do pescoço. A altura dos cães é medida da cernelha até o chão.
                    
Cuidados _ Cães Shar-Pei requerem cuidados especiais, já que entre suas dobras acumulam-se facilmente sujeira e umidade,podendo ocasionar seborréia, dermatite e micose, ocasionando eventuais feridas na pele (que podem evoluir para um câncer de pele) e mesmo mau cheiro.
Para evitar isto a única recomendação segura é manter o cão sempre bem seco e limpo. De preferência após o banho o dono deve secá-lo com uma toalha e deixá-lo ao sol a fim de eliminar toda a umidade.

As rugas da cabeça podem também causar problemas de vista, especialmente se caem na frente dos olhos, pois acabam fazendo com que as pálpebras e cílios entrem nos olhos (entrópio), causando uma irritação que pode evoluir para lesões na córnea, levando à cegueira. Para evitar isso, recomenda-se que se dê 3 pontos nas pálpebras do cão ainda filhote a fim de que se formem "pregas" que impedem que as pálpebras caiam sobre os olhos. Esse procedimento só surte efeito quando o cão é filhote, pois a musculatura está em processo de desenvolvimento, o mesmo não cabendo para o cão adulto, com a musculatura desenvolvida. Neste caso, o único recurso é uma cirurgia definitiva, que retira parte de pálpebra. Assim, ao primeiro sinal de irritação nos olhos é conveniente procurar um veterinário para um diagnóstico preciso.





Share on Google Plus

About SevenballShow !

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comments:

Postar um comentário