SevenballShow

MENU

CURIOSIDADES ESPECIAL MISTERIOS ARTES FAMOSOS CINEMA TV | TEATRO TRYST 5X1 PHOTO GALLERY PET WORLD CARROS & MOTOS CIÊNCIA & TECNOLOGIA PLANETA ÁSIA COMUNICADOS

Follow Us in G+


Tigres não acumulam a poeira dos séculos; Tigres reinventam a vida todos os dias

Translate

ELA-Esclerose Lateral Amiotrofica.

ELA_A doença da moda_Não apenas ria com os vídeos, previna-se.
Mark Zuckerberg

Bill Gates, aceitando o desafio de Zuckerberg!
Muito tem se falado do ''desafio do balde de gelo'', no qual anônimos e famosos, provocam os amigos, para que joguem um balde de gelo na cabeça, mas pouco tem sido falado sobre a doença. Resolvi falar dela no tópico "Análise'', aqui do Sevenballshow, já que é um blog sobre variedades, e não deixa de ser uma análise.
 A campanha surgiu nos EUA, e quem aceita o desafio, toma um banho de gelo e posta nas redes sociais,  ou doa U$100 para a ALS Association, fundação sem fins lucrativos, que arrecada fundos para as pesquisas e ajuda pacientes com Esclerose Lateral Amiotrófica. Os bilionários Bill Gates e Mark Zuckerberg, toparam e abriram caminhos para os demais. Neymar, Ivete Sangalo e outros também toparam, e a galera nas redes sociais também.
O jornalista William Bonner...
... e Neymar, topando o desafio!
Como a doença é degenerativa e sem cura, o tratamento é multidisciplinar, para manter o paciente vivo, e aqui vou explicar de modo que todos entendam, ok?
ELA _O que é??_ A Esclerose Lateral Amiotófica (ELA)-é uma doença degenerativa, também conhecida como doença de Lou Gherig e Doença de Charcot, e progressiva, pode ser fatal e é caracterizada pela degeneração dos neurônios motores, células do sistema nervoso central, que controlam os movimentos dos músculos. Tipo assim: esses neurônios, que enviam os estímulos para nossos músculos, se enfraquecem, e mandando estímulos fracos, eles se perdem no meio do caminho, chegando ainda mais fracos, e impossibilitando o funcionamento correto dos músculos. Eles se atrofiam, pois não estão levando os ''choquinhos'' com a intensidade suficiente para funcionarem. Também na medula espinhal, que trabalha neste sentido(neurônios motores inferiores) há um enfraquecimento, progressivo. Eles enfraquecem a ponto de ocorrer não só a atrofia, como uma fraqueza muscular crescente, porque os neurônios afetados são o 1o neurônio superior e o 2o inferior.
Até o momento não se sabe a causa específica da doença, o que predispõe a ELA. Nos testes feitos com camundongos, parece que a falta de uma proteína denominada parvalbumina, é a chave essencial para este processo de morte celular, e não há como fazer ainda um diagnóstico precoce  da doença, e a ciência, busca um marcador, algo que indique na pessoa que ela pode desenvolver a doença. Daí a necessidade de mais estudos e da captação de recursos para realizá-los. Atualmente são cerca de 10 ou 11 meses, desde o primeiro sintoma até a confirmação do diagnóstico, e a falta de conhecimento sobre a doença faz com que ela vá primeiro a um ortopedista, e a outros médicos. A média é de 4 médicos consultados, dentre eles 2 ortopedistas, sem um diagnóstico conclusivo.
Sintomas_ Os principais sintomas são fasciculação(tremor do músculo), reflexos exaltados, atrofia, espasticidade e diminuição, sendo que o mais frequente é a cãibra.Começa geralmente pelos membros superiores, mas pode começar pelos inferiores. Se você apresenta os sintomas tem de procurar um neurologista, porém se você vai sempre a um clínico, peça que ele o encaminhe a um neuro, porque você terá de parar por ele e outros médicos, dentre ele um fisioterapeuta, para minimizar os efeitos da doença, também um fonoaudiólogo, que vai te orientar para que preserve a fala o máximo que puder (em casos mais agressivos, há o comprometimento de língua e glote), um nutricionista, que irá orientá-lo sobre quais os melhores alimentos a consumir, e até mesmo um assistente social, para apoio emocional,  a você e aos membros de sua família,  e possíveis orientações sobre auxílio financeiro e benefícios sociais.
Fatores de risco_ Pertencer ao sexo masculino, desempenhar atividade física intensa, ter sofrido algum tipo de trauma mecânico, ter sido vítima de choque elétrico. Preste atenção ao efeito cumulativo, isto é: quanto mais sintomas, maior a probabilidade. Não se desespere, conheça o inimigo, para domá-lo.
Números_ A campanha já arrecadou  U$ 70,2 milhões nos EUA -  Mais no  mundo inteiro pessoas estão sendo desafiadas...é a regra número um para o vídeo se tornar viral! Regra 2, aceitar e filmar o desafio, para doar menos de 100 dólares.Logo em seguida, você desafia mais três pessoas, para a corrente se alastrar e mais pessoas doarem. Se você não aceita tem de doar mais!! Tem gente abrindo a carteira: aceita o desafio e doa U$100 ou mais!!
 Recordes_ A Fundação Guiness estima que o recorde atual de pessoas fazendo o desafio juntas é de 428 pessoas, na Flórida. Mas parece que um novo grupo vai tirar o pódio dos americanos!  Trata-de de um grupo de cerca de mil chineses, em Xiamen. O Guiness não confirma... Aí, não vale ''roubar'' para os americanos, hem?
Esta é a confirmação do recorde!!
O Guiness não pode negar!
Indignado!_Teve um brasileiro, que indignado postou no facebook sua preocupação com os pacientes do Hospital do Câncer em Londrina_ imediatamente as números passaram para mais de 500 doações diárias.
Importante_ Este cidadão levanta uma questão importante: foi preciso que um órgão importante levantasse a questão e que famosos aderissem, mas a preocupação com doenças como Câncer, Parkison, Alzheimer e outras persiste, e é preciso que campanhas sejam feitas, para que as pessoas doem.Também é preciso que se doem órgãos, e é preciso que as famílias de pessoas que tem morte cerebral entendam isso. Entendam que seu ente querido não vai ficar desfigurado internamente, e que outro ser humano irá viver. Até o simples ato de doar sangue, é ignorado, e os hospitais ficam com carência neste setor, fazendo com que muitas vidas se percam. Ninguém imagina que ao colocar o filho dentro de um ônibus de excursão, ele pode capotar e seu filho, por exemplo, precisar de sangue, e o hospital não ter. Por isso é importante doar.Vou fazer uma observação pessoal: Meu filho caçula, de 10 anos possui sangue AB+, diferente do meu(A+) e do pai dele(B+); Se ele chegar no hospital e não tiver sangue para uma transfusão eu o perco... e enlouqueço, daí vem  minha preocupação de ser humano em falar aqui que é preciso doar sangue.
A preocupação não pára por aí, os bancos de medula precisam de doações: qualquer pessoa entre 18 e 54 anos pode doar, e ela se recompõe em 15 dias.
Conclusão_ A captação destas notícias, como eu disse teve o intuito de alertar as pessoas sobre uma doença degenerativa, que ao ser diagnosticada a tempo, aumentará a sobrevida do paciente. Fui além e disse mais coisas...Quero esclarecer que não tive intenção de induzir ninguém, a nada. O desejo tem de partir de dentro de você. Não será A ou B que irá te dizer: FAÇA. Não tenho este direito, e para ser absolutamente sincera, nem queria ter, é uma responsabilidade que não quero, mesmo.
Agradeço a todos pela atenção, e pela compreensão. Sevenballshow também é saúde, é solidariedade; é tudo e muito maisBeijos!






Share on Google Plus

About SevenballShow !

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comments:

Postar um comentário