SevenballShow

MENU

CURIOSIDADES ESPECIAL MISTERIOS ARTES FAMOSOS CINEMA TV | TEATRO TRYST 5X1 PHOTO GALLERY PET WORLD CARROS & MOTOS CIÊNCIA & TECNOLOGIA PLANETA ÁSIA COMUNICADOS

Follow Us in G+


Tigres não acumulam a poeira dos séculos; Tigres reinventam a vida todos os dias

Translate

Serie Adestramento_1.Sentar

Ensinando seu cão a sentar_ Já passou pela sua cabeça o que faz um cachorro obedecer um comando humano? Muitas pessoas chegam a pensar que eles realmente entendem o conceito da palavra "sentar", por exemplo, ou melhor, que ele tem consciência de que desejamos que ele se sente. Pois é, para nossa tristeza, eles não podem aprender milagrosamente a linguagem humana, mesmo através de muita insistência.
Como ensinar um cachorro a sentar?  O humano é que tentará uma forma de comunicação, operando com gestos e articulações verbais baseado no comportamento canino. Ou seja, para ensinar um comando simples, como "sentar", você terá que ter duas coisas fundamentais: paciência e persistência. Mas calma, que não é uma coisa tão difícil como se pensa. Só devemos saber que o adestramento depende também de outros fatores como o interesse do cão, da sua idade, da sua raça, etc. (Veja sempre em que posição no ranking de inteligência seu cão se encontra)
 O COMANDO:
Ao adestrar um cão, o comando "senta" deve ser o primeiro, ou um dos primeiros a serem ensinados. É um comando simples, você dificilmente conseguiria ensinar a buscar o frisbee, por exemplo, sem antes ensiná-lo a sentar. Às vezes - se você for uma pessoa de sorte - o animal logo se debruça, ou se agacha numa posição parecida com o que queremos. Em outras vezes, devemos tentar mostrar ao nosso amigo como sentar, mas sem causar desconforto no animal. Para simplificar, colocarei a técnica em dois passos.

COMEÇANDO:
1) Você deve segurar um petisco acima da cabeça do dele, e quando ele sentar, você agracia-o com o presente. Há aqui alguns pontos a ressaltar: como se trata do inicio do treinamento, você pode dar o petisco mesmo se ele não sentar. Primeiramente estamos preocupados com o interesse do animal pelo treinamento. A princípio, não podemos dizer o comando, para que ele não associe a palavra "senta" a um outro sentimento. Quando o cachorro sentar, dê o petisco. Se ele continuar sentado, ande um pouco para ele te acompanhar. Repita o exercício até seu animal sentar todas as vezes em que você puser uma recompensa acima de sua cabeça. E vá para o próximo passo.
2) Aqui começaremos a usar o comando de voz. Observe que a palavra "SEN-ta" possui dois fonemas. Você deve enfatizar o SEN, tentando sempre relacionar o comando com o ato de sentar. O próximo passo é dar o comando sem erguer a recompensa, e presenteá-lo somente quando ele se sentar. Caso haja confusão, deve-se erguer o petisco. Mais tarde você pode dar o comando sem estar com o petisco na mão, e recompensá-lo apenas algumas vezes que ele obedecer. Caso ele desobedeça, não presenteie-o.
A paciência é o único segredo, ela te fará persistir, que é o segundo passo. Só a repetição fará com que ele faça. Se o animal não está interessado, não o force, ele poderá relacionar a tensão ao comando, o que piorará o adestramento. Procure despertar o interesse de outra maneira, ignorando-o, por exemplo. (Deixe um comentário contando sua experiência!)
Ensinando seu cão a deitar_  Da mesma forma como aprendemos na postagem anterior sobre o comando “Senta”, ensinaremos ao nosso amigo. Porém, o objetivo aqui é ter um pouco mais de paciência. Não devemos esperar que ele deite milagrosamente em alguns minutos de treino. Para ensinar a deitar, tudo depende da calma. 
Antes de tudo, não devemos impor qualquer desconforto ao animal, forçando ele para baixo, ou puxando a coleira em direção ao chão. Devemos deixá-lo mais confortável possível, para que ele tenha interesse no exercício. 
O COMANDO_ Caso seu cão ainda não aprendeu a sentar, ficará muito mais difícil a assimilação imediada do exercício. Só após ele estar bem treinado e obediente ao “senta”, é que deverá ser ensinado esse comando.
Lembre-se que o adestramento é um processo lento e gradual. Para facilitar, dividi o exercício em dois passos:
COMEÇANDO_ 1) Começamos nos posicionando a frente dele, como se fossemos executar o comando senta. Então, com a mão segurando o petisco acima da cabeça, toque o seu focinho com o presente. Vá abaixando a mão progressivamente para baixo, para que ele acompanhe com o focinho.
Quando estiver praticamente no chão, ele deverá estar numa posição com o peito rente ao chão, então recompense-o. Caso o ele mude de posição, ou não acompanhe o seu movimento, não recompense-o e recomece o exercício. Repita algumas vezes, até que acompanhe sua mão todas as vezes. 
2) A partir daqui faremos o segundo movimento. Quando ele estiver deitado, vá distanciando a mão para trás fazendo com o que continue na posição em que se encontra. Recompense-o gradativamente até que ele faça o comando rapidamente.
Esse é o passo em que procuraremos relacionar o comando com o ato. Devemos sempre enfatizar o primeiro fonema da palavra (DEI-ta). Você deverá dizer o comando pouco antes, ou no momento em que ele ceder, para que haja a assimilação. 
Obs.: Lembre-se sempre de não recompensar caso ele falhe, e recomeçar o exercício quando isso acontecer. Depois de ele estar assimilando o comando ''senta'' Comece a alternar o comando deita com o senta, e sempre peça-o para fazer quando ele estiver interessado em alguma coisa. E sempre demore mais para entregar a recompensa. (Deixe um comentário contando sua experiência!)
Share on Google Plus

About SevenballShow !

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comments:

Postar um comentário