SevenballShow

MENU

CURIOSIDADES ESPECIAL MISTERIOS ARTES FAMOSOS CINEMA TV | TEATRO TRYST 5X1 PHOTO GALLERY PET WORLD CARROS & MOTOS CIÊNCIA & TECNOLOGIA PLANETA ÁSIA COMUNICADOS

Follow Us in G+


Tigres não acumulam a poeira dos séculos; Tigres reinventam a vida todos os dias

Translate

Lançamentos da Semana no Cinema

Hey, Balls!.. Cheguei!... A sumida! Desculpem, mas tenho de trabalhar... A gente precisa comer, pagar as contas... Sabe como é...
A Semana Cinematográfica está bombando, Balls... Nada mais do que 
11 lançamentos!... Dentre eles vários nacionais. Então vamos lá!
1. O Homem Que Elas Amavam Demais
Título original: L'Homme qu'on aimait trop
Lançamento: 28/05/2015 (1h56min)
De: André Téchiné
Com; Guillaume Canet, Catherine Deneuve, Adèle Haenel
Gênero: Drama
Nacionalidade: França
Não recomendado para menores de 16 anos 
Sinopse_1976, Riviera Francesa. Renée Le Roux (Catherine Deneuve) é a filha da proprietária do Palácio Mediterrâneo, um luxuoso cassino que enfrenta problemas financeiros... Então ela se apaixona por um belo advogado dez anos mais velho. Ela adora se divertir, enquanto ele possui outros interesses. No meio de uma guerra entre cassinos, ela conhece o desonesto concorrente de sua mãe, que lhe oferece três milhões de francos para assumir o controle de seu cassino. Agnes aceita a proposta, mas ressente ter traído sua mãe e o consequente afastamento de seu namorado. Depois de uma tentativa de suícidio, a jovem desaparece.
Curiosidade_Isto é, de fato, curioso: Aos 12 anos de idade, a personagem Agnès tem olhos castanhos escuros. Já na fase adulta, a coloração é verde/azul.



2. Permanência
Lançamento: 28/05/2015 (1h25min)
De: Leonardo Lacca
Com: Irandhir Santos, Rita Carelli, Sílvio Restiffe
Gênero: Drama
Nacionalidade: Brasil
Não recomendado para menores de 14 anos 
Sinopse_ Ivo (Irandhir Santos) é um fotográfo pernambucano que viaja a São Paulo para fazer sua primeira exposição individual. Ele aceita o convite da ex-namorada Rita (Rita Carelli) para se hospedar na casa dela. Mas hoje, Rita já está casada com outro homem, e Ivo também deixou um amor em sua cidade natal. A proximidade entre eles desperta sentimentos antigos.
Esta é a proposta do diretor Leonardo Lacca: esvaziar seu filme de qualquer irrupção espetacular ou sentimental, construindo uma narrativa minimalista sobre o amor duradouro entre o fotógrafo Ivo e a desenhista Rita, hoje casada com outro homem. Depois de muito tempo juntos, o pernambucano passa por São Paulo para uma exposição de suas obras, e fica hospedado na casa de Rita, onde os 'tais' antigos sentimentos ressurgem. Permanência parece um filme eternamente suspenso, como se vagasse sem rumo preciso – e como se também não quisesse chegar a nenhum lugar específico. Neste território depressivo, o sexo é algo triste, a abertura de sua primeira galeria é triste, uma noite regada a maconha é triste, visitar uma cidade querida é triste. Lacca criou um filme sonâmbulo, tão delicado quanto inerte. e daí é esperar sempre pelo pior, porque filme brasileiro costumar teorizar muito sobre tudo, principalmente sobre o amor, para depois terminar de forma trágica ou totalmente imbecil. Conclusão: espere passar na Globo. [Mais uma vez SevenballShow te prestando um bom serviço. Mereço um bombom ou uma paçoca]
Curiosidade_Exibido no Festival do Rio 2014. [Até a curiosidade do filme é o must]

3. A Menina dos Campos de Arroz
Título original: La Rizière
Lançamento: 28/05/2015 (1h20min)
De: Xiaoling Zhu
Com: Yang Yinqiu, Xiang Chuifen, Shi Guangjin
Gênero: Drama
Nacionalidade: França , China
 Livre 
Sinopse_ Aos 12 anos de idade, A Qiu mora em uma pequena cidade no sul da China, cercada por campos de arroz. Ela é criada pela avó, enquanto os pais tentam ganhar a vida na cidade grande. Mas com a morte da avó, os dois são obrigados a retornar à cidadezinha, mudando a vida de A Qiu. Enquanto se adapta à nova rotina, a garota sonha em se tornar escritora.
Curiosidades_ População  que atua_A diretora Xiaoling Zhu não queria contratar atores profissionais, por acreditar que nenhum deles conseguiria reproduzir de maneira natural o gesto dos camponeses que trabalham com o arroz. Por isso, todos são moradores reais do povo Dong, conhecido por viver do cultivo de arroz e legumes há treze séculos.
 Choro_Em uma cena diante do túmulo da avô, a pequena Yang Yingiu devia chorar, mas a diretora não ficou contente com a atuação da garota. Depois de várias tomadas ruins, um assistente do mesmo vilarejo de Yingiu começou a brigar com ela até que ela chorasse de verdade. A primeira tomada após a briga agradou a equipe, e foi utilizada na versão final do filme.
Ficção ou documentário?_Para explicar a mistura de gêneros neste filme, a diretora Xiaoling Zhu lembra: "François Truffaut costumava dizer que em todo bom filme existia um documentário. Eu concordo com ele. Acredito que seja este aspecto autêntico que tenha levado alguns espectadores a achar que fizemos um documentário. No entanto, com Simon Pradinas, o co-roteirista, nós sempre pensamos em fazer uma ficção, que ficasse próxima da realidade".


4. Os Últimos Cangaceiros
Lançamento: 28/05/2015 (1h19min)
De: Wolney Oliveira
Com: Jovina Maria da Conceição, José Antonio Souto
Gênero; Documentário
Nacionalidade Brasil
Não recomendado para menores de 14 anos 
Sinopse_ Jovina Maria da Conceição e José Antonio Souto são dois senhores que levam uma vida bem comum pelos últimos 50 anos. O que ninguém sabe, incluindo seus filhos, é que estes nomes são falsos. A dupla, na verdade, é conhecida como Durvinha e Moreno. Eles integraram o bando de Lampião, o mais controverso e famoso líder do cangaço. A verdade só vem à tona quando Moreno, aos 95 anos, resolveu compartilhar suas lembranças com os filhos, além de sair a procura de seu parentes vivos, incluindo seu primeiro filho.
Curiosidades_  Prêmios
Menção Especial do Júri no 8° Amazonas International Film Festival (2011); 3° Prêmio - Troféu Coral de Documentário e Prêmio-Cibervoto-Portal de Fundação do Novo Cinema Latino-americano (FNCLA), 33° Festival Internacional do Novo Cinema Latino-americano de Havana (2011); Melhor Longa-metragem Ibero-americano-DocsDF - Festival de Documentários da Cidade do México (2012); Melhor Longa-metragem e Melhor Longa-metragem pelo Júri Popular-RECine 2012-Festival Internacional de Cinema de Arquivo (2012).
Demorou mas chegou_ As primeiras exibições do filme foram em 2011, mas só entrou em cartaz dois anos depois, em 2013, voltando agora, pra quem não viu.

5. Cauby - Começaria Tudo Outra Vez
Lançamento: 28 de maio de 2015 (1h12min) 
Direção: Nelson Hoineff
Com: Cauby Peixoto, Agnaldo Rayol, Maria Bethânia mais
Gênero: Documentário
Nacionalidade: Brasil
Não recomendado para menores de 12 anos 
Sinopse_ Mais um nacional. Desta vez um documentário, contando a história do cantor Cauby Peixoto, uma figura icônica na música brasileira. Interpretando músicas desde a Bossa Nova até o Rock’n Roll, ele é considerado o maior cantor do Brasil por grandes nomes da música brasileira, como Elis Regina e Agnaldo Rayol.

6. O Amuleto
Lançamento: 28 de maio de 2015 (1h20min) 
Direção: Jeferson De
Com: Bruna Linzmeyer, Maria Fernanda Cândido, Michel Melamed, Régius Brandão e o saudoso Daniel Filho, como Ermínio.
Gênero; Suspense, Terror
Nacionalidade: Brasil
Não recomendado para menores de 12 anos 
Sinopse_ A praia de Moçambique, em Florianópolis, possui diversos casos de assassinato jamais resolvidos. Um dia, Diana, Alex, Paulinho e Marcinha vão a uma festa na floresta. No dia seguinte, três dos jovens são encontrados mortos, e Diana, a única sobrevivente, não se lembra do que aconteceu. Vídeos gravados nos celulares das vítimas ajudam a desvendar o caso.

Share on Google Plus

About SevenballShow !

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comments:

Postar um comentário