SevenballShow

MENU

CURIOSIDADES ESPECIAL MISTERIOS ARTES FAMOSOS CINEMA TV | TEATRO TRYST 5X1 PHOTO GALLERY PET WORLD CARROS & MOTOS CIÊNCIA & TECNOLOGIA PLANETA ÁSIA COMUNICADOS

Follow Us in G+


Tigres não acumulam a poeira dos séculos; Tigres reinventam a vida todos os dias

Translate

Jurassic World - O Mundo dos Dinossauros

Jurassic World - O Mundo dos Dinossauros 
Título original: Jurassic World
Lançamento: 11 de junho de 2015 (2h5min) 
Direção: Colin Trevorrow
Com: Chris Pratt, Bryce Dallas Howard, Nick Robinson mais
Gênero: Aventura , Ação , Ficção científica
Nacionalidade: EUA
Sinopse_ O Jurassic Park, na ilha Nublar, enfim está aberto ao público. Com isso, todos podem conferir shows acrobáticos com dinossauros e até mesmo fazer passeios bem perto deles, já que agora estão domesticados. Entretanto, a equipe chefiada pela doutora Claire (Bryce Dallas Howard) passa a fazer experiências genéticas com estes seres, de forma a criar novas espécies. Uma delas logo adquire inteligência bem mais alta, logo se tornando uma grande ameaça para a existência humana.
Curiosidade_ Depois de pensar a respeito, Steven Spielberg decidiu não dirigir o longa, ficando apenas como produtor.
Detalhes_ Hollywood sempre ouviu críticas por continuações mal realizadas, ou sem a emoção dos filmes anteriores, mas a verdade é que a sempre sempre vê, e dá aquela nostalgia, quando a produção é uma boa história, ainda mais se o intervalo for grande. Deixando de lado os rótulos "bom', ruim ou "melhor", vamos analisar este clássico.
Muita coisa mudou, mas nós, também mudamos.
Logo no início, a ruivíssima Claire, nos lembra que já são suas décadas da 'dexistinção' do Jurassic Park. [Ela está parecendo uma boneca, e isto é proposital, talvez para insinuar a passagem de tempo, que atualmente é pouco natural mesmo]. A data bate com a idade do primeiro filme, afirma que a tecnologia evoluiu, e agente fica esperando as evoluções cinematográfica da produção. As mudanças são visíveis, nos movimentos dos dinossauros, e tal mas nada muito inovador.
Desde os episódios traumáticos de 1993, o parque, finalmente, é reaberto ao público. O menino Gray (Ty Simpkins), que sabe tudo de dinossauros, e seu irmão pré-adolescente Zach (Nick Robinson) viajam para ilha, a fim de conhecerem o tal eldorado e, de quebra, passar um tempo com a tia Claire, que não veem faz tempo. Bancado pelo investidor internacional Masrani (o ator de origem indiana Irrfan Khan), lá trabalha também Owen (Chris Pratt), que conseguiu significativos avanços na domesticação dos velociraptors, alvo dos interesses militares de Hoskins (Vincent D'Onofrio). Todo esse mundo vai se chocar quando a Indominus Rex (sim, é uma fêmea), o dinossauro equivalente ao T-Rex lá de trás, só que criado em laboratório, escapa.
Dirigido pelo quase anônimo Colin Trevorrow,  Jurassic World é um filme do mundialmente famoso Steven Spielberg – produtor executivo aqui. Da envolvente trilha sonora épica de Michael Giacchino (vencedor do Oscar por Up - Altas Aventuras) ao deslumbramento infantil do menino Gray (embora não seja o protagonista), é possível notar os toques de Spielberg no novo parque.
Vindo do humor, da série Parks and Recreation e como o hilário herói de Guardiões da Galáxia, Pratt segura bem o papel dramático e, até mesmo por conta de seu figurino jaqueta-bege-explorador, lembra um possível (e cotado para o reboot) Indiana Jones do futuro. O alívio cômico (e bota "cômico" nisso) fica sob a responsabilidade de Lowery (Jake Johnson), um dos subordinados à Claire.
Creio que vale o ingresso.
Share on Google Plus

About SevenballShow !

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comments:

Postar um comentário